Ao tentar inovar demais, 'Geração Brasil' espantou o público. Saiba mais sobre a primeira telenovela a ter capítulos exclusivos na Internet

Por Rodrigo Felicio ([email protected]) em 09/09/2021 às 19:03:00

O "Memória da TV" está prestando uma homenagem às telenovelas, que em dezembro deste ano comemoram 70 anos no Brasil. E nossa viagem, que já começou, é "de trás para frente".

Dia sim, dia não, um texto novinho pra você, com curiosidades e muita história.

Nosso mergulho de hoje ainda não é tão distante.

O ano era 2014. Filipe Miguez e Izabel Oliveira estavam em alta na Globo desde o fim de "Cheias de Charme", novela das 19h que arrebatou o público com a história das 'empreguetes'.

Tão logo desenvolveram uma sinopse, a mesma foi aprovada pela emissora. "Geração Brasil" tinha a pretensão de revolucionar o gênero. Repleta de personagens bem definidos e, até mesmo caricatos, a trama apostou na história de Jonas Marra (Murílio Benício), que decide transferir sua empresa para o Brasil. Para comandar seu império, ele decide fazer um reality-show através da Parker TV, do seu grupo. Entre os participantes estão Davi (Humberto Carrão) e Manuela (Chandelly Braz) que, apesar de concorrentes, iniciam um namoro. Megan (Isabelle Drummond), filha de Jonas, apaixona-se por Davi e tenta melar essa relação.


A queda de audiência da faixa horária foi brusca. A Globo tentou de todas as formas fazer a novela "pegar", mas não conseguiu. A intensidade de novidades era muito grande. Ao começar pela grafia estilizada para a novela – "G3R4Ç40 BR4S1L" – inspirada no alfabeto "leet", uma espécie de linguagem codificada dos hackers que joga com a construção semântica das palavras, baseada na substituição de letras por símbolos e números.


Durante a Copa do Mundo de 2014. por duas semanas, a Globo optou por apresentar drops diários de até cinco minutos da novela, em que se promoveu o "Filma-e", um aplicativo para smartphones em que os usuários podiam gravar vídeos e enviar para o site, por meio de desafios diários dos personagens Davi e Manuela numa uma ação de transmídia em que se incentivou a interatividade do público na internet com a novela. Mais de 13 mil vídeos foram enviados para o site de "Geração Brasil ". O aplicativo teve quase 300 mil downloads em duas semanas.

Foi a primeira trama, portanto, a ter capítulos exclusivos na Internet.

A novela teve personagens marcantes vividos por Lázaro Ramos (Brian), Taís Araújo (Verônica), Claudia Abreu (Pamela), Ricardo Tozzi (Herval) e Luis Miranda (Doroty).

-----

E não perca nossa "viagem" pelas novelas que entraram para a história da TV!

E veja todos os textos que publicamos, reunidos aqui!

Comunicar erro

Comentários