Ex-mulher do DJ Ivis chora em desabafo e diz que não tem onde morar; assista

Pamella Holanda, ex-mulher do DJ Ivis, fez um desabafo nesta sexta-feria, 23, após serem divulgados áudios de brigas do ex-casal. Em vídeos publicados no Instagram,

Por Redação em 23/07/2021 às 16:47:04

Pamella Holanda, ex-mulher do DJ Ivis, fez um desabafo nesta sexta-feria, 23, após serem divulgados áudios de brigas do ex-casal. Em vídeos publicados no Instagram, a arquiteta disse que na terça-feira, 20, recebeu uma ligação de um dos advogados do músico, que ligou para ler uma carta que supostamente foi enviada por Ivis. “Nessa carta, ele tenta apelar para o emocional, fala o quanto tem sido difícil, fala um pouco da [minha filha] Mel e no final me pede perdão”, contou. Segundo Pamella, o advogado ficou o tempo todo perguntando o que ela tinha a dizer sobre o assunto e, acreditando que essa é uma estratégia da defesa de Ivis, a arquiteta não se sensibilizou. “A única coisa que eu disse foi que, de verdade, eu não queria que tivesse chegado a esse extremo. Disse que estava todo mundo orando por ele, pois ninguém queria que isso tivesse acontecido.”

Iverson de Souza Araújo, conhecido artisticamente como DJ Ivis, foi preso na quarta-feira, 14, por agredir Pamella. O caso ganhou repercussão após a arquiteta divulgar nas redes sociais vídeos em que aparece levando tapas, socos e chutes. “Tive depressão pós-parto, fiz terapia e tomei medicamento. Quando fiz o desmame da Mel, também tomei medicamento. Fui diagnosticada [com depressão] tanto por fatores hormonais como também pela vida que eu tinha e levava com o pai da minha filha, em um ambiente hostil, onde eu era agredida o tempo inteiro, não só fisicamente. Fui agredida, inclusive, depois que eu cheguei do hospital”, falou Pamella.

Na visão da arquiteta, os áudios da briga com Ivis foram divulgados para tentar fazer com que as pessoas a vejam como alguém “louca e desequilibrada”. Pamella acredita que foi o próprio cantor que divulgou os áudios. “Não tem como ser algo vazado se são gravações que foram feitas no aparelho de telefone pessoal dele”, afirmou. “Sempre soube e tive conhecimento [desses áudios], até porque ele sempre gravava todas as nossas brigas, ele mesmo produziu a defesa dele porque sabia que ele estava errado.” Durante o relato, a ex-mulher de Ivis também chorou ao falar da filha e de como está se sentindo.

“Eu tenho que lutar uma guerra desleal, em que ninguém pensa na minha saúde mental, nem em como eu estou e como eu me sinto e em como minha filha está em tudo isso. Fiquei sem casa, não tenho onde morar, estou na casa de uns familiares meus até eu conseguir me reestabelecer”, declarou. “Ainda tenho muita coisa para ser dita, mas não cabe aqui. Tenho muito mais fotos e vídeos. Tive que ter muita coragem para denunciar ele, para tirar minha filha daquilo que a gente vivia.” Pamella enfatizou que o cantor cometeu um crime e que a todo momento ela está sendo questionada por que demorou para fazer a denúncia. “Eu dei mais de 100% de mim, eu perdoei, eu aceitei, eu me calei, fui omissa, submissa, eu fui tudo que eu podia porque a intenção que eu tinha era criar a Mel junto dele”, concluiu.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ??????? ??????? (@pamellaholanda)

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ??????? ??????? (@pamellaholanda)

Fonte: JP

Comunicar erro

Comentários