'Túnel do Tempo': Confira o que aconteceu no dia 16 de maio na história da TV

Por Redação em 16/05/2021 às 07:27:40

16 de maio 1966
Estreava na TV Excelsior aquela que seria considerada a telenovela mais longa da história até então. Com Francisco Cuoco no papel do médico Fernando, 'Redenção' arrebatou o público e fez enorme sucesso.
Escrita por Raimundo Lopes, ficou no ar por dois anos e teve 596 capítulos contando a mesma história com o mesmo elenco. Foi a primeira trama brasileira a ter uma cidade cenográfica.


16 de maio 1970
A TV Tupi exibia o último capítulo de 'João Juca Jr.'
A novela contou as aventuras de um detetive malsucedido (Plínio Marcos), sujeito simples cujo sonho é tornar-se um arauto da lei e da ordem social.
Escrita por Sylvan Paezzo, a trama não fez o sucesso esperado e mudou de horário algumas vezes.

Neste mesmo dia, a emissora estreava 'Super Plá' de Braulio Pedroso. A novela foi anunciada pela emissora como sendo uma 'revolução' no gênero. Não foi!
Contava a história de Plácido (Rodrigo Santiago), um bancário que, ao tomar o refrigerante Super Plá, transforma-se em um herói charmoso e esperto. Passado o efeito da bebida, ele não se lembra de suas aventuras.


16 de maio 1981
De Wilson Rocha e Walther Negrão, terminava na Globo a novela 'As Três Marias', baseada no romance homônimo de Rachel de Queiroz.
Protagonizada por Maria José (Gloria Pires), Maria Augusta (Nádia Lippi) e Maria da Glória (Maitê Proença), a trama mostrava a paixão delas pelo mesmo homem, Lucas (Kadu Moliterno). Pra piorar, as três são comprometidas.
Rachel de Queiroz chegou a dar entrevistas chamando a adaptação feita pela Globo de 'porcaria'.


16 de maio 1988
Com uma discussão entre Raquel (Regina Duarte) e seu marido Rubinho (Daniel Filho), estreava na Globo a novela 'Vale Tudo', um dos grandes sucessos da emissora.
Repleta de personagens e cenas memoráveis, a trama trazia à tona a corrupção, falta de ética e a inversão de valores no Brasil do final dos anos 1980.
Dentre os vários destaques, Glória Pires (como Maria de Fátima), Beatriz Segall (como Odete Roitmann) e Renata Sorrah (como Helenilha).


16 de maio 1994
Belas paisagens do litoral cearense marcaram a estreia de 'Tropicaliente' na Globo. Escrita por Walther Negrão, a novela mostrava a história de amor da milionária Letícia (Silvia Pfeifer) e o pescador Ramiro (Herson Capri), separados ainda jovens.
Marcou a estreia de Carolina Dieckmann e Márcio Garcia na Globo.


16 de maio 1995
Depois do sucesso de um programa piloto exibido no ano anterior, estreava na Globo o 'Brasil Legal', comandado por Regina Casé.
Exibido na faixa 'Terça Nobre', o programa mostrava lugares e tipos interessantes, inusitados e, quase sempre, anônimos de diferentes regiões do país. Ficou no ar até 1998.


16 de maio 1998
O SBT iniciava a maratona televisiva do primeiro 'Teleton'. O programa, reunindo diversos artistas e mostrando reportagens emocionantes iniciava na noite de sábado e terminaria apenas no dia seguinte, a noite.
Logo na abertura, Silvio Santos surgiu explicando detalhes de como decidiu colocar a maratona no ar, a pedido de Hebe Camargo.
Contando com a ajuda do público, a atração arrecadava doações para a AACD.


16 de maio 2016
O SBT estreava a novela mexicana inédita 'Mar de Amor' em suas tardes. A trama era um remake de 'Marimar' e foi protagonizada por Zuria Vega e Mario Cimarro.
Um grande sucesso que manteve o SBT na vice-liderança de audiência no horário.


16 de maio 2018
Estreava no SBT 'As Aventuras de Poliana' de Íris Abravanel. Segunda telenovela de maior duração no Brasil, a trama foi protagonizada por Sophia Valverde.
Com direção de Reynaldo Boury, a novela contou ainda com Ígor Jansen, Milena Toscano, Thaís Melchior e Dalton Vigh


Comunicar erro

Comentários