'Mestre do Sabor': Ana Gabi é a primeira eliminada após não conseguir finalizar seu prato

Por Redação em 14/05/2021 às 06:45:14

Com os 18 participantes do Mestre do Sabor definidos e os times de Kátia Barbosa, Leo Paixão e Rafa Costa e Silva formados, chegou a hora de esquentar ainda mais a disputa culinária! Nesta quinta-feira, 13/5, começou a fase Na Pressão, em que os chefs participam de provas em grupo e, ao final, os perdedores cozinham individualmente na Batalha dos Cucas, prova eliminatória que definiu Ana Gabi como a primeira eliminada do programa. Veja tudo o que rolou!

Chef convidado, João Diamante contou sua história e explicou seu conceito de gastronomia. Criado numa comunidade do Andaraí, na Zona Norte do Rio de Janeiro, ele se interessou pela culinária quando serviu na Marinha e, depois, conseguiu uma bolsa para estudar e trabalhar na França. Hoje, aos 29 anos, comanda o projeto social "Diamante na Cozinha" e foi eleito um dos 30 jovens mais inspiradores pela revista Forbes.

"Utilizo a gastronomia como ferramenta de transformação", disse João.


Vamos, time!

Com base na história e nos ideais de João Diamante, a primeira prova em grupo da temporada foi o Menu Confiança, com o tema "Brasil no Prato". Nela, os três times tiveram que preparar um menu com entrada, prato principal e sobremesa composto por receitas que levassem ingredientes básicos do dia a dia dos brasileiros. Quem escolheu o melhor menu foi a dupla de apresentadores, Claude e Batista.

Na hora de definir o que cozinhar, foi preciso estar ligado no tempo limite da prova, de 60 minutos, para conseguir entregar todos os pratos. Junto com os participantes, os Mestres definiram o menu e dividiram as funções de cada um dentro das equipes.

"Você tem uma hora de prova, não esquece disso", alertou Kátia a Ana Gabi, ao ouvir uma ideia mais trabalhosa.

Mesmo com a pressão do programa, os chefs aprovaram o tema da prova:

"Adorei saber que a prova seria sobre comida brasileira simples, porque isso é o que mais me lembra a minha casa, o meu dia a dia", celebrou Ju Lima.

"Um desafio que ninguém esperava. A gente teve que focar naqueles produtos simples e fazer uma grande receita", comentou Rodrigo Guimarães.

"Achei o tema dessa prova incrível, porque valoriza os produtos da cesta básica", afirmou Bruna Martins.


Pudim salgado e doce de feijão?

Chefs do time Leo, Bruna Martins e Rafa Ramos prepararam um pudim de pão salgado com acém, molho de cebola roxa caramelizada e couve crocante. "Pegamos uma receita superbásica, mas em vez de colocar açúcar, a gente fez com sal", explicou Bruna.

E a inovação não parou no Time Leo: para a sobremesa, a dupla Pedro Barbosa e Aline Guedes preparou um arroz-doce com doce de feijão com café. "Para mostrar às pessoas que podemos utilizar de formas diferentes o arroz com feijão também", afirmou Pedro.


Se você está dizendo...

Kátia Barbosa se surpreendeu com a destreza de Léo Modesto para preparar o pudim de pão com calda de manipuera (que é o caldo da mandioca não fermentado). "Você tem que lavar a goma várias vezes...", disse Kátia. "Não, basta uma, que aí você concentra o amido e ele decanta mais rápido", explicou Léo, acrescentando que trabalha com mandioca desde criança. "Então tá, se você está dizendo...", respondeu a Mestre, surpresa.


Casca da discórdia

No Time Rafa, a adrenalina da prova deixou os ânimos exaltados. Os chefs Danilo Takigawa e Leninha Camargo acabaram se desentendendo sobre o modo de preparo das batatas. Enquanto Leninha descascava as batatas, Danilo disse que elas deviam ser usadas com casca, fazendo com que a chef perdesse a paciência. "Eu perguntei três vezes. Está difícil", retrucou ela.

Enquanto os chefs cozinhavam, os Mestres aproveitaram para explicar o menu que idealizaram para seus times:


Olha o tempo!

Com o tempo de prova em sua contagem regressiva, os chefs correram para finalizar seus pratos e conseguir entregar seus menus. Essa reta final, é claro, contou com seus imprevistos para deixar tudo mais emocionante.

Antes da prova eliminatória, Kátia Barbosa e Leo Paixão puderam salvar dois chefs de seus times e escolheram, respectivamente, Léo Modesto e Matheus Almeida, e Pedro Barbosa e Cadu Moura.


Batalha dos Cucas

Na prova eliminatória – e que ainda valia uma imunidade ao vencedor –, os chefs tiveram 50 minutos para preparar deliciosas releituras do famoso escondidinho!

Apesar de ser uma prova individual que valia a permanência dos chefs no reality, o desafio também teve um momento que mostrou que, na cozinha, a parceria e a proatividade estão sempre em primeiro lugar. Vitória Gasques terminou seu prato e, a dois minutos do fim, resolveu ajudar Ana Gabi, que ainda estava correndo para finalizar sua receita e conseguir entregá-la. As duas tentaram juntas, mas, infelizmente, não conseguiram finalizar o prato.

"Não consegui completar o prato, me desequilibrei completamente, fiquei muito nervosa", lamentou Ana Gabi.


Hora da verdade!

Chegou a hora dos Mestres provarem os escondidinhos preparados pelos chefs e decidirem quem fez o melhor prato, que ganharia imunidade para a próxima semana, e o pior, que deixaria a disputa do reality. E a missão de Kátia, Leo e Rafa não foi fácil!


Vitória cheia de ousadia

Com um escondidinho que marcou pela ousadia, ao usar caju com creme amanteigado de batata-salsa, blend de cogumelos e bacon, a campeã da prova foi Bia Pimentel. "A gente achou o nível alto para a primeira prova", comentou Leo. "Encontraram simplicidade e verdade", completou Kátia.


"Ali era o meu momento de mostrar a minha originalidade, que é a minha criatividade. Estou agora honrada, amei!", comemorou a chef.


Primeira despedida

Por não ter conseguido terminar seu prato, Ana Gabi acabou sendo a escolhida pelos chefs para deixar o programa. "O prato que a gente acha que alguma coisa pode ter dado errado, acho que foi unanimidade entre a gente. Infelizmente, tem que ter sempre um primeiro para sair, e já é uma vitória, uma oportunidade imensa estar aqui... Foi a pessoa que fez a abóbora com copa lombo", anunciou Rafa.

"Eu já estava esperando... Essa prova foi suficiente para eu entender que aquele não era meu momento", lamentou Ana Gabi.

Mas ela deixou o programa cheia de gratidão: "Não tenho nem como listar tanta coisa que aprendi aqui, porque é um mundo completamente diferente do que estamos acostumados. Aprendi muito com as minhas emoções, o que sou capaz de controlar e o que não sou. Aprendi muito com meus colegas, essa união faz muita diferença na minha vida", despediu-se.

Comunicar erro

Comentários