'Câmera Record' acompanha uma operação de risco para separar irmãs siamesas

Por Redação em 27/02/2021 às 08:53:11

Neste domingo, dia 28/02, o Câmera Record mostra uma cirurgia de separação de duas irmãs siamesas, Laura e Laís, que vieram ao mundo unidas pela região do abdômen, um caso raro na medicina.


Ao todo, a operação deve durar cerca de 17 horas. O procedimento é extremamente delicado, porque elas compartilham alguns órgãos. E os exames de imagem não conseguiram mostrar a exata ligação do intestino delas - neste caso, só durante o procedimento os médicos descobrem as informações necessárias para tomar decisões importantes. "Meu coração tá falando que eu vou voltar com elas, cada uma em um braço", diz Liliane, a mãe das meninas.

A tia das meninas, Lina do Santos, relembra quando as viu pela primeira vez. "Quando cheguei no berçário onde elas estavam, que eu me deparei com as crianças, como se fosse um corpo único, falei: 'Meu Deus, o que é isso?', e comecei a chorar", conta ela.

O programa também conhece Valentina e Eloá, gêmeas siamesas que fazem os primeiros preparativos para encarar a mesma cirurgia de Laura e Laís. A família até mudou de cidade para ficar mais perto de um hospital referência nesse tipo de procedimento. "Eu tive que largar minha vida toda em Guararema (SP) pra vir aqui pra Goiânia realizar um sonho delas e o nosso também", diz o pai, Fernando de Oliveira.

No podcast da semana, o repórter Marcus Reis conversa com as meninas que ficaram conhecidas como as Gêmeas do Sertão - irmãs siamesas que passaram pela cirurgia de separação e hoje estão com 11 anos de idade. Disponível na página oficial do Câmera Record no portal R7.com e nas principais plataformas de áudio.

O Câmera Record vai ao ar neste domingo, às 23h15. A apresentação de Luiz Fara Monteiro.
Comunicar erro

Comentários