Visita de artistas aos domingos, Prova do Líder no primeiro dia, participante quase deportado. Relembre a primeira edição do 'Big Brother Brasil'

Por Redação em 16/02/2021 às 15:00:00

TÍTULO
"Big Brother Brasil 1"

GENERO
Variedades

SUB-GÊNERO
Reality-Show

APRESENTADOR
Pedro Bial

DIREÇÃO
J. B. de Oliveira e Carlos Magalhães

ELENCO
Adriano
Alessandra (Leka)
André
Bruno
Caetano
Cristiana
Estela
Helena
Kleber Bambam
Sergio
Vanessa
Xaiane

EMISSORA
TV Globo

EXIBIÇÃO
29 de janeiro à 02 de abril de 2002, às 22h30

EPISÓDIOS
64 capítulos

SINOPSE

Doze pessoas que não se conhecem são confinadas em uma casa e precisam conviver e se adequar à diferentes personalidades. Ali, precisam, dividir as tarefas do dia a dia e competir em diversas provas, para se livrar da "berlinda".

Semanalmente, festas animam os participantes e evidenciam ainda mais as confusões.

A casa semana, um dos participantes é eleito "líder" da equipe e pode indicar um deles para a Berlinda. O restante da casa faz uma votação e coloca outra pessoa para uma disputa popular. O público escolhe quem, das duas opções, deixa a casa e da adeus ao sonho de se tornar milionário.

Ao final, apenas um vencedor é coroado e leva o prêmio de R$ 500 mil.

BASTIDORES

A Globo havia comprado o formato do reality que já era sucesso mundo afora. Silvio Santos, numa tacada de mestre estreou, ainda em 2001, um reality que trazia as mesmas características, porem, confinando artistas. Batizado de "Casa dos Artistas", a atração do SBT registrou recordes de audiência e fez com que a Globo entrasse com uma ação judicial contra o canal de Silvio Santos.

Já em 2002, a emissora carioca estreou sua versão, superando os índices do reality do SBT.

Cerca de 500 mil candidatos se inscreveram para a primeira edição do "Big Brother Brasil".

A seleção dos participantes foi feita após uma campanha publicitária, em dezembro de 2001, veiculada na televisão, no rádio, em outdoors e nos principais jornais do país. Além das inscrições voluntárias, havia olheiros encarregados de encontrar pessoas com perfis diferentes para integrar o programa.

Em janeiro de 2002, todos os 12 concorrentes já estavam selecionados: o artista plástico Adriano; a modelo Vanessa; o cabeleireiro Sérgio; o cantor André; a empresária Alessandra; a webdesigner Xaiane; a assessora de imprensa Cristiana; o modelo Caetano; a atriz e modelo Helena; a videografista Estela; o dançarino e ex-vendedor de cocos Kleber; e o empresário Bruno.

Na estreia a apresentação foi de Pedro Bial e Marisa Orth. A falta de química da dupla fez com que Marisa deixasse o comando em algumas semanas, fazendo de Pedro Bial o comandante titular da "nave mais louca" da TV.

A primeira edição foi marcada por diversas polêmicas como a do franco-angolano Sérgio foi acusado pela Polícia Federal de estar em situação irregular no país. Seu advogado obteve uma liminar para que ele ficasse no Brasil até o fim do processo, o que assegurou sua permanência no programa.

A bulimia (doença) foi pauta em diversos veículos por conta da participante Alessandra (Leka) que sofria do mal.

Alessandra foi uma das confinadas na primeira edição.

Ainda a primeira edição foi marcada pela visita ilustre de diversos artistas aos confinados. Sempre aos domingos, um nome de peso da Globo invadia a casa para conversar com os participantes. Estiveram por lá Xuxa, Faustão, Jô Soares, a turma do Casseta & Planeta e Chico Anysio.

Também nesta edição, dois participantes foram eleitos pelo público para "deixar" a casa por uma noite e participar do Desfile de uma Escola de Samba. Kleber Bambam e Cristiana caíram na folia na Marquês de Sapucaí pela Mocidade e puderam sentir um pouco do gostinho do sucesso que estavam fazendo no programa.

Foi nesta edição ainda que surgiu a palavrão "Paredão". A palavra foi dita pelo participante Adriano, que foi eliminado na sexta semana.

Depois de 64 dias, o público escolheu o vencedor dentre os três finalistas Kleber, André e Vanessa.
André ficou em terceiro lugar, com 11% dos votos; Vanessa, em segundo, com 21%; e Kleber "Bambam", como ficou conhecido, recebeu 68% dos votos e levou o prêmio de 500 mil reais e um automóvel.

Vanessa e Kleber Bambam foram os finalistas do programa.

No quesito audiência, a nota foi dez! A atração cravou média de 41 pontos. Estreou com 49 e seu último episódio cravou 59 pontos. Um fenômeno.

Pouco tempo depois, o prêmio do programa aumentou para R$ 1 milhão e, a partir de 2019, chegou à R$ 1,5 milhão.

Comunicar erro

Comentários