México 'furou o olho' do Brasil e foi o primeiro país da América Latina a ter TV. Confira os fatos que antecederam a estréia da TV no Brasil!

Por Rodrigo Felício em 22/08/2020 às 18:16:55
Equipamentos da TV Tupi desembarcam em Santos 1950 / Acervo FAMS

Equipamentos da TV Tupi desembarcam em Santos 1950 / Acervo FAMS

Os brasileiros amam os mexicanos! Isso é fato!

O país latino é um dos grandes parceiros culturais do Brasil. Não é a toa que, suas novelas e séries sempre fizeram sucesso em nossas terras, e que o país tenha se tornado, ao longo das décadas, um grande produtor de conteúdo mundial.

Além dos programas exibidos por aqui, muitos dos programas e novelas das primeiras décadas da TV brasileira eram inspirados ou adaptados em produções mexicanas.

But, você sabia que que os mexicanos "furaram o olho" do Brasil? Bom, mais precisamente de Assis Chateaubriand, empresário responsável por trazer ao nosso país a Televisão.

Em 1950, Chateaubriand se apressou e lutou muito para tentar fazer do Brasil o primeiro país da América Latina a ter uma estação de TV. Comprou equipamentos, contratou artistas, foi chamado de "louco", buscou patrocínios (ufa!) mas não adiantou. Os mexicanos foram mais rápidos!

Como se fosse um "troco" por perderem a Copa do Mundo daquele ano para nosso país, eles inauguraram em 31 de agosto o Canal 4, XHTV, na Cidade do México. As primeiras transmissões já aconteceram no dia seguinte, dia 01 de setembro.

Logo da primeira emissora de TV da America Latina, no México

Já por aqui, apenas no dia 18, a TV Tupi começou a transmitir seu sinal em São Paulo.

Mas a história da televisão no Brasil começou, obviamente, muito antes do dia 18.

A chegada dos primeiros equipamentos, encomendados por Chateaubriand, foi um grande acontecimento. Importantíssimo, aliás, para que a "ficha" começasse a cair: "A TV iria acontecer no Brasil". Chegaram em fevereiro, mas só foram "liberados" em 25 de março de 1950. Pelo Porto de Santos passaram câmeras, luzes de estúdio e toda a parafernália necessária para a formação da emissora. Os equipamentos foram comprados da RCA (Radio Corporation of America). Um verdadeiro "comboio" de artistas de sucesso das rádios Diários Associadas, foram até lá para aqueles 'ingredientes' até São Paulo: Lolita Rodrigues, Yara Lins, Cassiano Gabus Mendes, Hebe Camargo e Lima Duarte foram alguns deles.

Hebe Camargo, ao centro, e Assis Chateaubriand (de chapéu) com outros artistas, retirando os equipamentos da TV no Porto de Santos

Ainda dando uma "palhinha" para o grande público, Chateaubriand decidiu realizar uma transmissão experimental com toda a "pomba e circunstância".

No dia 4 de julho de 1950, aproveitando a vinda ao Brasil do astro-frei-cantor (não necessariamente nesta ordem) José Mojica, um dos maiores nomes do cinema e do rádio, "televisionou" um show dele. Neste dia, Chatô mandou instalar um aparelho de televisão no hall de entrada do Edifício da Diários Associadas, deixando o público boquiaberto, se cotovelando para apreciar aquela maravilha: uma caixa que emitia sons e imagens!



Lá de dentro do saguão do MASP, onde o show acontecia, artistas também acompanhavam a transmissão em aparelhos distribuídos pelos corredores. O espetáculo foi dirigido por Cassiano Gabus Mendes e Dermeval Costa Lima e foi realizado "de surpresa".

Público se aglomera em São Paulo para acompanhar a transmissão experimental 'surpresa' da Televisão

- x –

Ao longo do nosso especial, você vai acompanhar aqui no "Memória da TV" muitas histórias legais, engraçadas e de sufoco que os profissionais da TV enfrentaram no início. E foi graças à eles que a TV foi se aprimorando e chega hoje na sua casa com essa qualidade incrível. CLIQUE AQUI E VEJA TODAS AS MATÉRIAS QUE PRODUZIMOS!

E olha:

Se gostou, compartilha nosso texto! E não deixe de nos seguir no Twitter e volte todos os dias no nosso site! Tem notícias do passado e atuais! Tudo num só lugar!

Comunicar erro

Comentários