Daniella Perez teve carreira meteórica na TV e foi assassinada no ápice; relembre seus trabalho!

Por Redação em 29/07/2022 às 10:05:00

Após 30 anos de seu assassinato, a atriz Daniela Perez está entre os assuntos mais buscados na Internet.

Após o lançamento da docusérie 'Pactor Brutal - O Assassinato de Daniela Perez', pela HBO Max, o caso que abalou o Brasil em dezembro de 1992 tem, mais uma vez, despertado comoção e inconformado muita gente.

Dona de um carisma incrível, Daniela teve uma carreira meteórica na TV e chegou a ser chamada de 'nova namoradinha do Brasil', título que era de Regina Duarte.

A atriz, filha da autora Gloria Perez, foi brutalmente assassinada em 28/12/1992, aos 22 anos, por Guilherme de Pádua, ator que interpretava seu par romântico na novela "De Corpo e Alma".

Vamos conferir os trabalhos que ela fez na TV?


Kananga do Japão

A primeira aparição de Daniella Perez na TV foi em "Kananga do Japão", folhetim exibido em 1989, na extinta Rede Manchete, e que teve Christiane Torloni e Raul Gazolla como protagonistas.

Daniella, que começou seu caminho nas artes como bailarina, fez uma participação como uma dançarina de tango. A estreia lhe rendeu mais do que elogios e oportunidades profissionais. Ela ganhou um marido! Daniella e Gazolla se apaixonaram e se casaram oficialmente em 1990.


Daniella Perez e Raul Gazolla se conheceram nos bastidores da novela 'Kananga do Japão' e logo se casaram


Barriga de Aluguel

Em 1990, ela estreia na Globo, em "Barriga de Aluguel", novela de sua mãe, no papel da dançarina Clô, uma das estrelas do Copacabana Café.


Em 1990, Daniella Perez integrou o elenco de 'Barriga de Aluguel', na pele da personagem Clô — Foto: TV Globo


O Dono do Mundo

Em 1991, a atriz foi convidada por Dennis Carvalho para atuar em "O Dono do Mundo", de Gilberto Braga, no papel de Yara, irmã de Stella (Gloria Pires) e filha de Herculano (Stenio Garcia).

Yara abria mão de seu grande amor, Humberto (Marcelo Serrado), em nome da profissão de jornalista.


O Dono do Mundo: Daniela viveu seu primeiro papel de destaque como Yara


De Corpo e Alma

Daniella, no auge do sucesso, vivia Yasmin, filha de Domingos (Stenio Garcia) e Lacy (Marilu Bueno), e irmã da protagonista Paloma (Cristiana Oliveira).

Yasmin era uma jovem romântica, apaixonada por Caio (Fabio Assunção), filho de Nágila (Nathalia Timberg), mas o evitava por causa de uma briga entre as famílias. Ela, então, envolveu-se com Bira (Guilherme de Pádua).

Após o brutal assassinato dela, a equipe da novela ficou totalmente abalada. A trama estava em seu quarto mês de exibição. Durante os sete dias após o crime, os autores Leonor Bassères e Gilberto Braga foram chamados para escrever os capítulos e apresentar uma alternativa para o desaparecimento dos dois personagens.

Uma viagem de estudos foi a solução encontrada para explicar a saída de Yasmin da história. Bira simplesmente deixou de existir.

Uma homenagem à atriz foi feita no capítulo seguinte à morte de Daniella. No término do episódio, foram exibidos depoimentos do elenco.


Especial Roberto Carlos

Daniella também participou do "Especial Roberto Carlos", no ar em 25/12/1992, três dias antes de a tragédia acontecer. Em uma encenação, ela viveu a Virgem Maria e contracenou com Cassia Kis e Herson Capri.


Três dias antes de morrer, Daniella Perez participou do Especial Roberto Carlos, interpretando a Virgem Maria — Foto: TV Globo

Comunicar erro

Comentários