MC Gui é condenado a pagar R$ 12 mil a motorista de Uber por chamá-lo de ladrão em post

O funkeiro MC Gui foi condenado nesta segunda, 23, a pagar R$ 12 mil em indenização por danos morais ao motorista de Uber Alef Santos da Conceição. Em...

Por Redação em 23/05/2022 às 21:27:36

O funkeiro MC Gui foi condenado nesta segunda, 23, a pagar R$ 12 mil em indenização por danos morais ao motorista de Uber Alef Santos da Conceição. Em fevereiro de 2020, MC Gui (nome artístico de Guilherme Kaue Castanheira Alves), afirmou em vídeo que postou nas redes sociais que havia comprado cestas básicas para serem doadas, mas que o motorista havia cancelado a viagem e ficado com os itens, e chamou Conceição de “ladrão de muamba e de cesta básica”. As doações foram devolvidas ao cantor após o vídeo ser publicado, e a defesa de Alef alega que, ao chegar no destino, o motorista não havia encontrado ninguém. Para a juíza Luciana Antoni Pagano, Gui poderia ter buscado outras formas de resolver a situação, e o motorista teve sua imagem exposta. “Da situação narrada nitidamente se extrai que configurou mais do que mero transtorno ou aborrecimento cotidiano, atingindo a honra e a personalidade do ofendido, razão pela qual caracterizado dano moral indenizável, a ser arcado pelo requerido (autor das postagens)”, escreveu a magistrada na decisão. Pagano negou o pedido para uma retratação por considerar que isso só reavivaria o caso já esquecido após dois anos. O cantor também terá que pagar as custas processuais e honorários advocatícios de Conceição.

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro

Comentários