'Túnel do Tempo': Confira o que aconteceu no dia 15 de maio na história da TV

Por Redação em 15/05/2022 às 01:49:00
Randal Juliano, protagonista de 'A Cidadela'

Randal Juliano, protagonista de 'A Cidadela'

15 de maio 1959
A TV Record exibia mais um capítulo semanal de 'A Cidadela', às 21h40.
A novela havia estreado há alguns meses e tinha no elenco grandes nomes da época como Randal Juliano (Dr. Manson), Arlete Montenegro (professora Christine), Aparecida Baxter, Gilberto Chagas, Silvio Silveira, J. Gianotti, Luis Dias e Durval de Souza.
A trama foi escrita por Ciro Bassini, adaptada da obra de A. J. Cronin, com direção de Waldomiro Baroni.


15 de maio 1963
Ainda sem as novelas em exibição diária, a TV Tupi exibia para os cariocas em seu horário nobre, graças ao 'advento' do video-tape, mais um episódio de 'Alô Doçura', escrita por Cassiano Gabus Mendes.
Este episódio da série, estrelada por Eva Wilma e John Herbert, já tinha sido exibido em São Paulo.


15 de maio 1965
A TV Tupi exibia o último capítulo de 'O Mestiço'.
A novela foi escrita por Cláudio Petráglia, baseada em original cubano, com direção de Wanda Kosmo.
No elenco astros como Hélio Souto (em sua estreia na Tupi), Patrícia Mayo, Ana Rosa e Lima Duarte.


15 de maio 1971
J. Silvestre, um dos maiores apresentadores da época, comandava mais um programa, no ar pela TV Tupi. Entre os quadros exibidos neste dia, estavam 'Papel Carbono', 'Caixinha de Perguntas' e o concurso 'A Garota do Seis'.
Grande sucesso da emissora até então, o programa não conseguia mais a repercussão de antes, já que batia de frente com as novelas 'Selva de Pedra' e 'Irmãos Coragem', da Globo.


15 de maio 1994
O SBT exibia mais uma edição do 'Troféu Imprensa', com apresentação de Silvio Santos.
Os grandes premiados da noite foram a novela 'Renascer' (Globo), Glória Pires (Globo) por seus papéis em 'Mulheres de Areia' e o próprio Silvio Santos, como melhor animador.
Os vencedores eram escolhidos pro jurados e críticos de TV. Neste ano, nomes como Nelson Rubens, Joyce Pascowitch, Otávio Mesquita, Sônia Abrão, Walcyr Carrasco e Leão Lobo faziam parte da bancada.


15 de maio 1998
Em homenagem à morte do astro Frank Sinatra, o SBT exibia o especial 'Frank Sinatra - A Voz se Cala'.
Exibido na faixa da tarde, contou a trajetória do cantor falecido no dia anterior e foi reprisado mais algumas vezes, claro.


15 de maio 1999
Menos de dois meses após sua estreia, terminava na Globo o fiasco 'Samba, Pagode & Cia'.
Apresentado por Salgadinho e Netinho, o programa foi uma tentativa desesperada da Globo para recuperar a audiência nas tardes de sábado, reunindo grandes nomes da música daquela atualidade. Não colou mesmo! Raul Gil, no auge com seus calouros, fazia a festa na Record, chegando à liderança de audiência.

Nesta mesma data, com direção de Boninho, a Globo exibia o especial 'Mama África' comemorando os 450 anos da cidade de Salvador e os 500 anos do país.
Teve participação dos músicos Carlinhos Brown, Dona Ivone Lara, Filhos de Ghandi, Ivete Sangalo, Jorge Ben Jor, Martinho da Vila, Olodum, além do cantor americano Al Jarreau e do compositor e intérprete senegalês Youssou N"Dour, entre outros.


15 de maio 2011
Terminava na Globo a série 'Batendo o Ponto', protagonizada por Ingrid Guimarães, nas noites de domingo.
Ambientada num escritório, a série mostrava, com humor, o dia a dia no mundo corporativo, com situações e personagens característicos desse universo.
No total a emissora exibiu 7 episódios.


15 de maio 2014
Heloísa Perissé aterrisava nas noites da Globo com a série 'Segunda Dama'.
Nela, após anos sem saber o paradeiro uma da outra, as gêmeas Analu (Heloísa Perissé) e Marali (Heloísa Perissé), se reencontram, trocam de identidade, provocam confusões e mudam a vida de todos da trama.


15 de maio 2016
O Brasil perdia Cauby Peixoto.
Um dos maiores nomes da música nacional e artista importante da história da TV, Cauby estava internado há mais de uma semana com quadro grave de pneumonia.
Nos deixou aos 85 anos.

15 de maio 2021
O Brasil perdia Eva Wilma, diva da TV e do teatro.
Ela enfrentava um câncer no ovário e partiu aos 87 anos, no Rio de Janeiro.
Carisma presente na TV desde os anos 50, se destacou em tudo o que fez. Desde sua estreia em 'Alô Doçura' (TV Tupi), até nas dezenas de novelas em que atuou, como na primeira versão de 'Mulheres de Areia' (1973) e como a vilã Altiva de 'A Indomada' (1997).

Morre Eva Wilma em São Paulo | Fábia Oliveira | O Dia

Comunicar erro

Comentários