Cassiano Gabus Mendes: O rei das 'novelas das sete'

Escreveu novelas memoráveis como "Locomotivas" (1977), "Te Contei?" (1978), "Marrom Glacé" (1979), "Plumas & Paetês" (1980) e "Elas por Elas" (1982)

Por Rodrigo Felício em 11/07/2020 às 18:34:00

Apesar de ter falecido há 27 anos, o autor Cassiano Gabus Mendes ainda pode ser considerado o "rei das novelas da sete" da Globo.

Isso porque o autor é o recordista em novelas da faixa horária. Escreveu nada menos que 10 tramas, que totalizam 1.713 capítulos.

A primeira escrita por ele, "Anjo Mau" foi um enorme sucesso em 1976. Tanto que chegou a ganhar remake nos anos 90, na faixa das 18h. É também de Cassiano novelas marcantes que fazem sucesso até hoje, em reprises no canal Viva, como "Brega & Chique" (1987) e "Tititi" (1985). Um dos maiores sucessos de sua carreira foi a memorável "Que Rei Sou Eu?" exibida no final dos anos 90.

Escreveu ainda "Locomotivas" (1977), "Te Contei?" (1978), "Marrom Glacé" (1979), "Plumas & Paetês" (1980) e "Elas por Elas" (1982).

Cassiano faleceu em 1993 enquanto escrevia "O Mapa da Mina", protagoniza por Carla Marins.

Em segundo lugar no ranking, Carlos Lombardi, com 9 novelas: "Verada Tropical" (1985), "Bebê Abordo" (1988), "Perigosas Peruas" (1992), "Quatro por Quatro" (1994), "Vira Lata" (1996), "Uga Uga" (2000), "Kubanacan" (2003), "Bang Bang" (2005) e "Pé na Jaca" (2006), sua última novela na Globo.

A terceira posição no ranking: Silvio de Abreu (hoje Diretor Geral de Teledramaturgia da Globo) e Antônio Calmon (atualmente sem contrato com emissora de TV).


-x-

Durante toda esta semana vamos falar e trazer curiosidades das "Novelas das Sete" da Globo. Se você quer ler mais artigos, CLIQUE AQUI e acompanhe todos os dias, novidades.


Comunicar erro

Comentários