Para tapar buraco na grade, Globo exibiu 'mini-novela' em 1996

Por Rodrigo Felicio ([email protected]) em 17/10/2021 às 18:59:00

O "Memória da TV" está prestando uma homenagem às telenovelas, que em dezembro deste ano comemoram 70 anos no Brasil. E nossa viagem, que já começou, é "de trás para frente".

Regularmente, um texto novinho pra você, com curiosidades e muita história.

O atraso nas gravações da novela "O Rei do Gado" ascendeu um alerta na Globo. A trama que estava em exibição, "Explode Coração", não poderia ser "espichada" pois Glória Perez tinha compromissos importantes com o julgamento do assassinato da filha, Daniela Perez. A saída encontrada por Boni foi convocar às pressas Dias Gomes para trazer ao horário nobre da emissora, a história de "O Fim do Mundo", que estava sendo desenvolvida para ser uma minissérie.

Assim, para tapar buraco na grade, entre uma novela mais longa e outra, estreou em maio de 1996 "O Fim do Mundo", que teve exatos 35 capítulos.

Com direção de Paulo Ubiratan, a emissora não economizou na escalação do elenco o na pomposa produção que perguntava "O que você faria, se lhe restasse apenas um dia?".

A história se passava na fictícia e monótona cidade de Tabacópolis, no interior da Bahia. Por ali, o turismo movimenta a economia da cidade, que tem como atrações principais a Gruta do Amor, onde "brotam" fluidos afrodisíacos, e o paranormal Joãozinho de Dagmar (Paulo Betti). Sedutor, ele vive harmoniosamente com três mulheres – Valdete (Alexia Deschamps), Jaciara (Luciana Coutinho) e Lindalva (Isabel Fillardis) –, uma loira, uma morena e uma negra, para as quais tem um calendário definido.


Tudo vai bem até que Joãozinho tem uma visão: o planeta será destruído em três meses. Logo após a revelação, fatos estranhos começam a ocorrer: nasce um bezerro com duas cabeças; um homem morde um cachorro; sinos tocam e todos se espantam, já que a igreja não tem sinos; começa uma tempestade de excrementos, com raios e trovões; aparece uma mula sem cabeça; e a terra começa a tremer. A população entra em pânico, acreditando ser o início do apocalipse, e os hospitais ficam lotados.


A aproximação do "fim do mundo" se torna um excelente pretexto para que cada habitante realize seus desejos secretos.

A novela cumpriu seu "dever" mantendo a audiência da faixa horária da Globo até que "O Rei do Gado" ficasse "pronta" para estrear.

Alguns destaques da novela foram Bruna Lombardi (Gardênia), Vera Holtz (Florisbela) e José Wilker (Tião Socó).

"O Fim do Mundo" foi a última novela de Dias Gomes na Globo. Ele escreveria ainda a minissérie "Dona Flor e Seus Dois Maridos" e viria a falecer em 1999.

E não perca nossa "viagem" pelas novelas que entraram para a história da TV!

E veja todos os textos que publicamos, reunidos aqui!

Comunicar erro

Comentários