Resumo de 'Nazaré': capítulos de 04 à 08 de outubro de 2021

Por Redação em 03/10/2021 às 16:00:00

capítulo 100, segunda, 04 de outubro


Na casa dos Soares, Dolores está chorando e sem saber o que fazer para encontrar Joaquim. Pede a Duarte que leve Bárbara, pois a única coisa que não quer é estragar o casamento deles. Luís fica, neste momento, sabendo que Joaquim tem ajudado Nazaré. Verônica vai à quinta e pede ao filho que volte para casa. Bernardo diz que não vai com ela e Verônica, revoltada, avisa ao filho que Duarte inventa histórias para os manter afastados. Duarte expulsa a tia da quinta, com a ajuda de Bárbara.

No Lar, Verônica, insistente, pede a Olívia que a ajude a convencer Bernardo a voltar para casa. Olívia diz que Bernardo é muito inteligente e que não vai ceder a chantagens e adverte Verônica de que devia ter pensado melhor nas consequências dos seus atos. Vemos Bernardo a contemplar um quadro de cortiça onde tem uma foto de Félix ao centro com fotografias dos possíveis suspeitos ao redor, entre eles, Nazaré, Duarte e Verônica. Ermelinda está pronta para sair quando chega João. Todos ficam surpresos pelo retotrno sem aviso e João fica satisfeito porque a neta agora trabalha ali no Lar. Ermelinda pergunta por Floriano e, quando ele chega, os dois trocam um olhar apaixonado, mas logo se retraem.

Dolores, apressada, grita para o quarto de Luís, e diz que vai à polícia e que não se preocupe porque já tem a roupa do casamento na quinta. Ela atende o celular e fica sem reação. Já na casa Gomes, Dolores dá de cara com Nazaré e Matilde, que retornaram de Espanha. Dolores chora, desesperada, por não saber de Joaquim e Nazaré promete que vai ajudá-la. Quando Dolores está de saída, recebe uma chamada de Glória que lhe diz ter uma coisa para lhe contar acerca de Joaquim. Matilde vai até ao Restaurante, ao encontro de Glória, que lhe conta que Joaquim esteve ali com Verônica no dia em que desapareceu. Nazaré tem a certeza que foi Verônica que raptou Joaquim. Dolores está cansada e sem cabeça para o casamento com toda essa confusão. Apercebe-se do que disse e pede desculpa a Nazaré. Nazaré acalma Dolores e diz que não se preocupe.


capítulo 101, terça, 05 de outubro

Prata vai até à Atlântida ao encontro de Verônica e diz que tem umas perguntas para lhe fazer sobre o desaparecimento de Joaquim, pois há quem a tenha visto com ele no dia em que o mesmo desapareceu. Matilde, que está na recepção da Atlântida, cruza-se com Nuno e ele pergunta a ela se precisa de alguma coisa. Matilde responde que precisa de justiça e que, se fosse ele, iria embora da empresa, pois a patroa é uma criminosa. Verônica mente para Prata quando ele a apanha de surpresa ao perguntar se ela e Joaquim não falaram sobre Elsa. Verônica tenta virar o jogo e Prata informa que Matilde lhe disse que Joaquim tinha falado com Elsa. Matilde avisa a Verônica que Nazaré não está sozinha e que vão acabar por provar a verdade. Nuno fica atento a toda a conversa enquanto Verônica se mostra preocupada. Érica prepara-se para ir para o casamento de Duarte e Bárbara. Verônica está incrédula que a filha vá ao casamento, mas Érica está farta de confusões. Enquanto prepara a mala da bebê, Verónica aproveita e rouba o suplemento sem que a filha dê conta.

Na quinta, Bárbara direciona os empregados visivelmente nervosa porque viu Matilde e tem medo do possível retorno de Nazaré. Duarte tenta acalmar a noiva, mas em vão, Bárbara chora e Dolores sente-se culpada por estar mentindo para a filha. Na casa de Nazaré, Prata e Laura vão falar com Matilde. Ela mente e diz que retornou apenas por causa de Joaquim e que não sabe de Nazaré. Laura aconselha Matilde a falar caso tenha contato com Nazaré. Disfarçada de empregada, Nazaré vai ao casamento de Bárbara e Duarte. Bárbara, que anda às voltas muito nervosa, deixa cair um prato junto de Nazaré e pede ajuda a ela para limpar a sujeira. Nazaré, nervosa, mantém a cabeça baixa para não ser reconhecida. Érica procura o suplemento para dar à bebê. Neste momento, Verônica entra com o suplemento com o objetivo de humilhar a filha. Duarte fica furioso ao ver a tia e a manda embora.

Bárbara, que já está se preparando, se olha no espelho e fica emocionada. Dolores, que está ao lado dela, fica também emocionada. De repente, Bárbara ouve a voz de Duarte no quarto ao lado e sai para ver o que se passa. Duarte e Verônica discutem com agressividade e Duarte está muito alterado com a presença da tia. Bárbara entra no quarto, com Dolores atrás, e Verônica, que está de saída, desequilibra-se e segura-se ao vestido de Bárbara, acabando por rasgá-lo. Luís e Dolores levam Verônica dali para fora perante o desespero de Bárbara que tem o vestido de noiva rasgado. Dolores dá um jeito no vestido de Bárbara, que está inconsolável. Dolores e Luís tentam fazê-la ver que as pessoas não vão olhar para o vestido, mas sim para ela e que será um dia inesquecível, pois ela vai casar com o homem que ama.

Já pronta, Bárbara desce de braço dado com o irmão perante o olhar de todos os convidados. Nazaré, escondida, assiste a tudo desolada. Nazaré, por impulso, ainda pensa em falar, mas Toni, que aparece de repente, a agarra e pede que não faça nada, pois se abre a boca vai presa. Toni convence Nazaré a ir embora, mas Laura estranha a presença de Toni. Duarte, ainda que não veja Nazaré, tem uma sensação estranha da sua presença. Bárbara e Duarte se casam. Já na cozinha, e de saída, Nazaré diz a Toni que não acredita que Duarte casou com Bárbara. Toni confessa que foi lá por causa de Bárbara e diz a Nazaré que deve ir embora dali antes que alguém a veja.


capítulo 102, quarta, 06 de outubro

Todos brindam à felicidade dos noivos. Laura comenta com Gonçalo que viu Toni e acha estranho a sua presença e que isso pode significar o retorno de Nazaré. Gonçalo chama a atenção dele e diz que já não é da polícia, que deixe o assunto. Laura pensa estar prestes a apanhar Nazaré, mas, quando vai a ver, é só uma empregada. Laura confronta Toni, mas ele a desvaloriza e diz que não tem mal nenhum estar ali. Já de volta para casa, Matilde diz à filha que está muito preocupada com ela. Nazaré, firme, diz que voltou por causa do pai e que vai encontrá-lo com a ajuda de Toni. Quando está de saída de casa de Nazaré, vemos que alguém observa Toni.

Na sala de convívio do Lar, Olívia fala com João e Floriano sobre as desconfianças de Ermelinda em relação ao comportamento estranho dos dois. Ermelinda, que ouve a conversa, acusa-os de terem alguém preso no Lar. João vai até casa de Nazaré, não acredita que Matilde retornou e não lhe disse nada. Nazaré se sente culpada por ter afastado a mãe de João e diz que devia ir à luta e dar uma oportunidade ao amor. No quarto de Sofia, no Hospital, o Dr. Murilo diz que os exames que fizeram apresentam bons resultados e que Sofia terá alta no dia seguinte.

No hotel, Cris mostra aos pais uma lista de nomes para a bebê e avisa que vai falar com Érica para escolherem o nome da filha. Dolores pede a Nazaré que se mantenha afastada de Duarte e que deixe Bárbara e Duarte viverem a sua vida, em paz. Nazaré concorda, e descansa Dolores, diz que vai seguir Verônica, pois pode ser que ela a conduza até ao pai. Bárbara pergunta, com medo, a Duarte se ele estava pensando em Nazaré quando hesitou em responder ao juiz que aceitava casar com ela. Duarte, na tentativa de desviar o assunto, diz que a única coisa que importa são eles e beija Bárbara. No quarto de Érica, Cris e a jovem escolhem finalmente o nome da filha – Yara.


capítulo 103, quinta, 07 de outubro

Na Atlântida, Mike está com Verônica que lhe diz que os seus problemas não estão resolvidos, pois Duarte continua no seu caminho e impedindo que Bernardo volte para casa. Nazaré, escondida, ouve a conversa, mas, de repente, bate num vaso e Verônica e Mike ficam alerta. Nazaré foge para o gabinete da presidência e Mike e Verônica acabam por não encontrá-la e vão embora. Nazaré, quando tenta sair, percebe que ficou trancada e não tem como sair dali. Na casa Silva, Matias comenta com Toni que a mãe está estranha, tem tido muitas enxaquecas e está trancada no quarto sem dizer nada. Toni não liga muito e, quando recebe uma chamada, apressa-se a sair. Na entrada da Atlântida, Toni observa o segurança que faz a ronda e, quando pode, segue para a sala onde está Nazaré. Nazaré avisa a ele que tenha cuidado, pois os gabinetes têm alarme. Toni, como perfeito malandro que é, consegue abrir a porta para Nazaré sair.

Nos fundos da empresa, Nazaré e Toni estão a sair dali enquanto Nuno, do carro, os fotografa sem reconhecer Nazaré. Quando Toni volta para casa, apanha Glória. Ela, atrapalhada, diz que adormeceu vestida. Toni acha melhor a mãe ir ao médico, pois não é normal andar sempre com dores de cabeça. No Lar, Ermelinda continua com as suas desconfianças em relação a Floriano e João. Pede a Ismael que os distraia enquanto lhes vai vasculhar o quarto e Ismael, vencido pelo cansaço, aceita. Matias, intrigado, mostra a Glória o batom que encontrou perdido em casa. Glória fica tensa, mas disfarça. Toni aproveita e comenta que na noite anterior, quando chegou a casa, encontrou a mãe vestida e acordada. Toni e Matias ficam desconfiados. Na casa Gomes, Matilde diz a Nazaré que tem de parar de perseguir Duarte ou, qualquer dia, é apanhada. Da última vez só se safou graças a Toni. Nazaré conta à mãe que ouviu Verônica dizer que vai atrás de Duarte e ela vai ter de fazer alguma coisa para impedir que isso aconteça.

Verônica fica muito revoltada por Érica e Cris terem ido registar a bebê sem a sua presença e exige que a filha escolha outro nome para a neta. Érica diz à mãe que o nome está escolhido e o assunto encerrado. Na Atlântida, Nuno estranha ao ver a cadeira do gabinete da presidência fora do lugar. Vai verificar as câmaras de vigilância, mas não repara que não há registos. Quando Nuno está pedindo à secretária Maria as imagens da noite anterior, Verônica chega e diz que não é preciso pedir nada, pois foi ela que esteve lá. No hotel, Ana fala com os pais sobre a ideia dela e de Pipo de se fazerem as sessões de apoio às vítimas de violência doméstica ali no hotel. Laura e Gonçalo acham uma ótima ideia. Ana desabafa com Laura sobre a sua preocupação com a extrema magreza de Pipo. Já na casa dos Carvalho, Pipo diz à mãe que vai preparar o almoço, mas Sofia quer voltar a ser ela a tomar conta dos filhos e não o contrário. Matias aparece com um cesto de boas-vindas para oferecer a Sofia e ela o convida para almoçar.


capítulo 104, sexta, 08 de outubro

Nuno volta a insistir com Verônica sobre a noite anterior, mas ela acaba rapidamente com a conversa voltando a frisar que foi ela que esteve no local. Mike aparece para se encontrar com Verônica, sob o olhar desconfiado de Nuno. Já no gabinete, Verônica avisa a Mike, mais uma vez, que não quer ele apareça na empresa. Ele diz que precisa contratar mais uma pessoa, mas Verônica não dá permissão. Ela dispensa Mike e atende uma chamada da prisão. Estão todos almoçando na casa dos Carvalho enquanto Sofia agradece o apoio da família e dos amigos. Pipo, sem que ninguém note, cospe o almoço no guardanapo, mas Ana vê. No final do almoço, Ana confronta Pipo com a comida no guardanapo. Ele pede que não conte nada a Sofia, pois a mãe acabou de sair do hospital e ainda está debilitada. Heitor fala com Verônica e pede ajuda, ameaçando de que poderia a ter denunciado e que não o fez. Verônica diz que não é assim tão fácil tirar alguém da prisão, mas Heitor, sem meias medidas, diz que a cada dia que passa pensa cada vez mais em abrir a boca e contar a verdade.

No Lar, João e Floriano já estão fartos com Ismael. Quando finalmente o despacham, Ermelinda vem dos quartos com um bebê nos braços. Mike chega ao pomar de Duarte e Nazaré o segue. Na sala da quinta, Duarte está tenso com as más previsões em relação ao pomar e pergunta a Bárbara se se importa de adiarem a lua de mel até o assunto estar resolvido. Bárbara concorda, ainda que triste. Mike acende um cigarro e faz um monte de folhas com acendalhas no topo. Antes que tenha hipótese de atear fogo, é surpreendido por Nazaré, que o ataca, saltando-lhe para cima, enrolando-se ambos no chão à luta. O cigarro cai ao chão, aceso. Nazaré consegue se livrar de Mike e se levanta conseguindo correr para um trator ali estacionado. Ela buzina para chamar atenção. Duarte, Bárbara e Bernardo ouvem a buzina e ficam alerta. Duarte ordena que fechem tudo, enquanto ele vai procurar saber o que se passa.

Nazaré luta com Mike para conseguir impedi-lo de atear fogo no pomar, mas, quando ouve a voz de Duarte, paralisa. Mike aproveita a oportunidade para fugir do local. Duarte corre para Nazaré, empurrando-a e acabando por cair em cima dela. Duarte, sem ver quem é, pergunta quem está por trás do plano, mas Nazaré se mantém calada. Quando consegue se libertar, Nazaré foge enquanto Duarte apaga o cigarro e retorna para casa. Bernardo e Bárbara estão em pânico quando Duarte entra dizendo que tentaram atear fogo no Pomar. Volta a sair atrás do fugitivo. Na Atlântida, Nuno percebe que Verônica pediu as imagens da noite anterior, pois vê a secretária levar para ela um pen-drive. Ele tenta pedir as imagens, mas não há cópias e Verônica deu ordem para se apagarem as imagens. Mike encontra Verônica e conta que foi atacado e que não conseguiu seguir com o plano de atear fogo no pomar. Verônica, furiosa, atira o pen-drive para longe.

No quarto de Érica, a jovem está aflita porque a bebê Yara não para de chorar. Cris tenta ajudar, mas, quando Luís chega, fica muito desconfortável. Luís traz um ramo de flores e um pedido de desculpas à Érica. No hotel, Gonçalo e Laura falam com Pipo sobre a sua magreza extrema. Pipo tenta desconversar, dizendo que está tudo bem, mas o casal insiste para que o jovem vá ao médico. Depois da conversa com Gonçalo e Laura, Pipo confronta Ana. Está frustrado, mas ela diz que não sabia o que fazer e que quer ajudar. Duarte encontra com Laura no Hotel e conta que tentaram incendiar o pomar. Laura lhe conta que Matilde está de volta e que desconfia que Nazaré também tenha voltado. Duarte fica em choque. João e Floriano tentam explicar, perante o espanto de todos, o que se passa. Floriano conta que adotou um bebê na Ucrânia durante a viagem.

Comunicar erro

Comentários