Pela primeira vez na história, Globo exibirá programa de televendas em horário comercial. Saiba tudo!

Por Redação em 14/09/2021 às 17:12:57
A apresentadora Mônica Waldvogel e Henrique Simões, gerente de Insights de Varejo da Globo, na apresentação da plataforma de conteúdos e planos comerciais para a Black Friday 2021, realizada em junho

A apresentadora Mônica Waldvogel e Henrique Simões, gerente de Insights de Varejo da Globo, na apresentação da plataforma de conteúdos e planos comerciais para a Black Friday 2021, realizada em junho

A Globo está mais do que nunca de olho no faturamento.

Pela primeira vez em sua história, a emissora vai ter um programa de televendas no concorrido horário comercial.

Batizado de 'Live Commerce' ( o nome poderá ter alteração), o projeto vai trazer ofertas de grandes marcas patrocinadoras e será exibido do dia 25 à 27 de novembro, durante a Black Friday. No dia 25, quinta-feira, vai ocupar quase meia hora da madrugada, após o 'Conversa com Bial'.

Já no dia 26, sexta, a 'Live' será após o 'Jornal Hoje' e vai bater de frente com o 'Balanço Geral', da Record. Para acomodar o programa, vai sacrificar uma parte do tempo da 'Sessão da Tarde' e da reprise de 'O Clone'. No sábado, mais uma vez após o 'JH', o programa vai 'roubar' dez minutos do 'Melhor da Escolinha' e outros dez da 'Sessão de Sábado'.

A ideia é ter um formato diferente, com um cenário atraente e uma mecânica ágil. Nomes do elenco da emissora e influenciadores digitais devem participar conduzindo a atração.

Além do programa na TV aberta, a Globo deve ter um programa inédito no GNT, que vai combinar entretenimento, ofertas e desafios bem-humorados, sob comando de Dani Calabresa e Fabio Porchat.


ATUALIZAÇÃO:

A Globo voltou atrás na estratégia de exibir, à nível nacional, um espaço de televendas. Inicialmente a ideia era um 'show' de vendas nos dias 25/11 (após o 'Conversa com Bial') e 26 e 27/11, após o 'Jornal Hoje'.

Agora, a emissora optou por liberar o espaço para que suas emissoras afiliadas optem por comercializar ou não o espaço. Assim, caso a afiliada não venda para clientes locais a 'Live Commerce', deverão exibir a programação de rede, que seguirá inalterada.

Algumas emissoras, de grupos importantes, já sinalizaram a intenção de 'aproveitar' o espaço que esta sendo cedido.

Comunicar erro

Comentários