Nos anos 90, Globo e Record entraram em pé de Guerra

Por Redação em 16/09/2020 às 07:37:23

Desde que o prefeito carioca Marcelo Crivella passou a ganhar as manchetes do "Jornal Nacional" acusado de corrupção, a Record TV tem se mostrado bastante incomodada. Principalmente por conta das supostas ligações do caso com a Igreja Universal, que teria sido utilizada para lavagem de dinheiro.

Numa retalhação explícita, a Record TV tem produzido uma série de reportagens especiais e exibido dentro do "Jornal da Record", diariamente.

Esta 'guerra' não é nova.

Cê acredita que uma guerra entre as emissoras aconteceu com maior intensidade nos anos 90? Na época, a Globo lançou a minissérie "Decadência", protagonizada por Edson Celulari que vivia um pastor corrupto. Rapidamente houve uma retalhação da emissora controlada pela Igreja Universal. Reportagens e mais reportagens foram veiculadas, no intuito de 'cutucar' a Vênus Platinada.

A coisa iria ficar mais 'preta' no ano seguinte. Ao conseguir imagens onde o bispo Edir Macedo 'ensinava' pastores da Igreja as 'táticas' para conseguir dinheiro dos fiéis. O bispo ainda 'debochava' dos fiéis. As denúncias haviam sido feitas pelo ex-pastor Carlos Magno.

Relembre uma das reportagens da Globo:


A pergunta que não quer calar e se estamos caminhando para uma 'nova Guerra Santa'.