Silvio Santos 'parou' no tempo...

Por Redação em 28/07/2020 às 08:00:45

Diante dos últimos acontecimentos na grade de programação do SBT só tenho uma coisa a dizer: não tenho NADA a dizer!

A gente até perde a voz, não consegue organizar os pensamentos e muito menos achar uma lógica. É isso, não tem lógica!

A "brincadeira" de que o telefone do SBT toca e é Silvio Santos ordenando uma mudança na grade "voadora" da emissora seria trágica, se não fosse real.

Mas toda esta história me fez pensar numa coisa: Silvio Santos ficou "parado" no tempo como profissional de televisão. Pelo amor de Deus, não estou questionando o talento dele para os negócios ou como apresentador. Digo como profissional estratégico de TV.

E porque parou no tempo?

Porque a tática que ele utiliza de alterar a grade de um dia para o outro, ou até mesmo no próprio dia de exibição era algo comum... nos anos 50/60.

Naquela época, o público se moldava na hora. Se dava certo mantinha... se não dava, trocava no dia seguinte. Era tudo novo, era preciso achar o que funcionava. E claro, não havia concorrência com Internet, Streaming ou TV paga. A televisão aberta reinava no Brasil.

E a tática funcionava... nos anos 50/60. Mas hoje é inconcebível. E os números que a emissora registra diante disso, mostram isso.

"Mas em outras ocasiões não tão distantes funcionou", poderia eu ser confrontado ao recordarem de "Casa dos Artistas" e "Show do Milhão" que estrearam sem "aviso prévio ao telespectador". Mas meus queridos, quando isto funcionou havia, ao menos, planejamento por traz. Os dois produtos acima foram revelados ao público poucos dias antes da estreia ou até mesmo no dia, mas... já estavam sendo planejados meses antes. Esta é a diferença.

Só espero que o SBT encontre o caminho que estava trilhando na metade dos anos 90 quando chegava a ameaçar a hegemonia da Globo

Bom, pra quem não tinha nada a dizer até que desenvolvi. Mas tava entalado aqui...