Globo sai vencedora e mais forte do embate com o "FlaFlu" no SBT

Por Redação em 16/07/2020 às 12:10:55

Não adianta!

O jogo exibido ontem pelo SBT, grande final do "Campenato Carioca" deixou todos os apaixonados por televisão abismados! E não tô falando de qualidade de transmissão, nem do desempenho dos times (Flamengo foi campeão). Estou falando de como a Globo conseguiu barrar uma provável "lavada" histórica no Ibope.

É um caso a ser estudado!

Não estou falando da audiência em São Paulo. Se bem que não justifica comemorar uma audiência de 11 pontos. É um desempenho que a emissora conseguia há alguns meses atrás com suas novelas infantis. O Flamengo tem a maior torcida do Brasil, se tratava da primeira partida de de futebol – inédita e ao vivo – exibida pela TV na praça e numa quarta-feira a noite, um horário tradicional. Tinha tudo para ter um desempenho bem melhor.

Mas vamos para o Rio de Janeiro. Solo carioca, berço rubro-negro.

Nesta praça, apesar de ter triplicado sua audiência o SBT não conseguiu repetir o desempenho de outras "surras" que havia dado na Globo nos anos 80/90/2000.... Tem até umas matérias legais num site ai chamado "Memória da TV" que resgatou alguns destes feitos, CLICA AQUI E VEJA.

O máximo que a emissora conseguiu foi um "empate técnico". Na média exata, não conseguiu liderar, a não ser se alternar na liderança com a Globo. E um clássico desse calibre, não foi páreo para as notícias do "Jornal Nacional" e para a reprise de uma novela que, aliás, muitos criticam. Não me venham falar de picos de audiência. Picos de audiência não se sustentam. Trabalho com médias, assim como o mercado publicitário. Até porque ninguém compra patrocínio ou inserção em programa por conta de picos.

A Globo, ciente de seu poder, usou as armas que tinha: esticou o "Jornal Nacional" (colocou nas notícias a respeito do Coronavirus – assunto do momento – para próximo das 21h, mesmo horário que a bola começava a rolar no SBT. Começou a anunciar em sua grade, um dia antes, um "capitulo especial" de "Fina Estampa" (lembrando que se trata da reprise de uma novela. Todo mundo ta careca de saber o desfecho da trama). Mas o público se dividiu.

E olha que a Globo não deixou de fazer seus intervalos comerciais como sempre fez, respeitando seus anunciantes.

De um lado, o SBT com média de 26.2. Do outro a Globo com 26.1. E mesmo neste empate técnico, quem sai vencedora é a Globo. Pela primeira vez ela "barrou" um produto que poderia tê-la deixado na lona.